Oitavo Passo: Otimize sua loja para mecanismos de busca

O topo da página dos mecanismos de busca, principalmente do Google, é um dos principais objetivos de muitos empreendedores. Simplesmente porque é do conhecimento de todos que a partir desses sites é que muitos usuários descobrem novos serviços, produtos e empresas, se transformando em clientes em potencial.

Estar no topo é tão importante que muitas marcas gastam milhares de reais para manter seus anúncios acima dos resultados orgânicos da busca, tentando simular que estão em primeiro lugar. Porém, manter suas páginas otimizadas para os algoritmos de busca pode funcionar tão bem quanto comprar anúncios, sem a desvantagem do alto custo. Abaixo listamos algumas dicas para criar uma loja on-line otimizada para o Google e Bing.

Crie títulos únicos e precisos

A tag de título <title> serve para informar tanto aos usuários quanto aos mecanismos de busca qual o tema de uma determinada página. A tag fica dentro da tag <head> do documento de HTML. O recomendado é que cada página tenha um título único no seu site. Essa tag também será o conteúdo presente na primeira linha do resultado da busca.

Os buscadores sugerem que o título descreva com clareza e precisão o conteúdo das páginas e que se evite títulos padrão ou genéricos como “Sem título” ou “Nova página 01”. Também deve-se evitar utilizar os mesmos títulos para todas as páginas do site, esse tipo de prática prejudica o rankeamento diante dos algoritmos de busca.

Faça uso da meta tag de descrição

A meta tag de descrição (meta name=”description”) dá aos mecanismos de busca um resumo do assunto da página. Por possuir mais espaço para o conteúdo maior do que a tag title, indica-se usar duas ou três frases, até um pequeno parágrafo, para descrever o conteúdo da sua página. Essa mesma descrição talvez seja usada para aparecer no resultado da busca, porém, é comum que os buscadores utilizem o texto de dentro da página quando a busca do usuário for mais específica.

A tag descrição merece a mesma atenção dada ao título, ou seja, também deve ser escrita com precisão e utilizando informações que despertem o interesse do usuário.

Melhore a estrutura das suas URLs

Um dos maiores problemas em lojas virtuais são as URLs pouco amigáveis tanto para os usuários quanto para os buscadores. URLs confusas, que contém muitos parâmetros irreconhecíveis são difíceis de serem memorizadas pelos usuários e despertam certa desconfiança. Além disso, é preciso lembrar que a URL será exibida junto com o resultado da busca e que pode ser usada por usuários para referenciar sua loja.

É recomendado que suas URLs contenham apenas palavras e que essas sejam relevantes para os usuários. Ter seu diretório de conteúdo bem organizado também facilita que os motores dos sites de busca indexem todas as suas páginas, melhorando o posicionamento do seu site nos mecanismos de busca.

As dicas acima compreendem o básico sobre otimização para mecanismos de busca, o que significa que você pode investir em práticas de usabilidade, sitemaps e páginas de conteúdo como blogs e e-books. Caso tenha restado alguma dúvida sobre otimização para lojas virtuais, aproveite os comentários abaixo para conversar conosco.

 


Comentários

Comentários

Equipe iSET

Somos os maiores especialistas em e-commerce no Brasil! Quer começar sua loja virtual? Fale conosco.

Um comentário em “Oitavo Passo: Otimize sua loja para mecanismos de busca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *