A importância de gerir bem seu capital de giro

O capital de giro é uma reserva financeira imprescindível para o bom andamento das empresas, independentemente do porte ou área de atuação. O recurso garante a liquidez necessária para a sobrevivência de um negócio, que possui compromissos fixos durante todo o ano, mas precisa se sujeitar às sazonalidades do mercado e alterações do cenário econômico. É o capital de giro, portanto, que tira o empresário da corda bamba e permite que ele passe a caminhar com firmeza, sem riscos de quedas repentinas. Até aqui já deu para perceber como o capital de giro é importante, certo? O problema é que muitos empresários, especialmente do ramo do e-commerce, ignoram essa questão. Alguns simplesmente trabalham sem reserva e outros utilizam montantes insuficientes para garantir o bom andamento do negócio. Se esse é o seu caso, está na hora de mudar! Planejamento financeiro é fundamental no mundo corporativo e você deve ter em mente que o capital de giro é um dos pilares para o sucesso. Se interessou? Ótimo! Confira a lista abaixo e descubra porque o capital de giro é tão importante para os negócios online.

Pagamento de compromissos fixos

Uma das principais características do faturamento de uma loja virtual é o pagamento a prazo. Poucas são as compras online realizadas à vista, sendo que a maioria dos consumidores prefere utilizar os cartões de crédito e dividir em várias parcelas. Mas as despesas do empresário – com energia, provedor, contabilidade e impostos – não podem ser quitadas da mesma forma, correto? Então se for necessário, nos meses de desempenho mais baixo, ele pode recorrer ao capital de giro para realizar tais pagamentos.

Cobertura de grandes despesas anuais

O capital de giro também socorre o empresário com as despesas anuais de grande valor. Esse é o caso, especialmente, dos pagamentos de décimo terceiro salário e férias da equipe de funcionários. Para arcar com esse tipo de compromisso, muitos empreendedores acabam tendo de recorrer a empréstimos bancários – solução desesperada e nada aconselhável. Se tiver uma boa reserva financeira, no entanto, o empresário poderá fazer os pagamentos com tranquilidade.

Manutenção dos períodos de sazonalidade

Você abriu um ecommerce de roupas de banho e descobriu, da pior forma possível, que as vendas caem drasticamente no inverno? Saiba que não está sozinho. Muitos empresários virtuais apostam maciçamente em determinadas épocas do ano ou datas comemorativas (como Natal e Dia das Mães) e acabam não se planejando financeiramente para o restante do ano. Sem capital de giro, muitos desses negócios acabam falindo. Com organização, no entanto, a reserva pode garantir a sobrevivência da loja até que o período de vacas magras termine.

Criação de oportunidade de negócios

Se o empresário possui um bom capital, automaticamente terá grande poder de negociação. E sabe o que isso significa? Boas oportunidades de negócio! Com dinheiro em mãos, ele poderá comprar em maior quantidade, conseguir melhores descontos com os fornecedores e, consequentemente, fixar margens de lucro maiores para os produtos. No final do mês, a conta da empresa estará no azul e não será necessário recorrer ao capital de giro para pagar despesas e contas. Esse é o segredo: tenha um bom capital de giro, mas trabalhe para não precisar dele! Para terminar, tenha em mente que você deve planejar o uso do capital de giro. Faça um plano financeiro do seu negócio, considerando as principais despesas e oscilações do mercado. É importante prever quando poderá ser necessário utilizar a reserva e também quais estratégias serão utilizadas para repor os recursos. Essas estratégias garantirão saúde financeira e boas condições de crescimento para seu ecommerce! Gostou das dicas? Comente! Queremos saber sua opinião!


Comentários

Comentários

Equipe iSET

Somos os maiores especialistas em e-commerce no Brasil! Quer começar sua loja virtual? Fale conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *