Como e-commercers podem trabalhar com influenciadores de moda?

Você já parou para pensar em quantas blogueiras de moda você segue em seu Instagram, Pinterest ou Facebook? A presença delas na blogosfera é tão grande que o blog de moda já se tornou um clichê no universo. Porém, a influência delas ainda é de impressionar. A blogueira Camila Coutinho, do Garotas Estúpidas, tem 1,7 milhão de seguidores no Instagram. Em comparação, a Vogue Brasil possui 1,2 milhão de seguidores na mesma rede social. Com esses números, não dá para negar que influenciadores são uma grande oportunidade para um e-commerce de moda, não é?

Quer aprender como explorar este segmento do marketing para o seu negócio? Acompanhe!

O que é marketing de influenciadores?

De acordo com um relatório do Ninja Metrics, de 5 a 10% dos usuários de redes sociais são responsáveis por 60 a 80% da influência nos mesmos espaços. Influenciadores são determinantes para os comportamentos pré e pós-compra dos consumidores: você já comprou algum cosmético sem antes conferir a resenha de um blogueiro de confiança?

No marketing de influenciadores, mais conhecido como marketing de influência, você se beneficia da influência que uma pessoa tem para impulsionar seu conteúdo, produto ou marca.

Especialmente no universo da beleza e da moda, consumidores tendem a acompanhar um grande número de sites para acompanhar tendências, lançamentos de produtos e conhecer marcas. Mas por que esses produtores de conteúdo recebem tanta atenção na internet?

Talvez a resposta esteja na própria mídia que utilizam. Por usarem mídias populares, não obedecerem necessariamente ao padrão estético pedido pelos grandes meios, a credibilidade que eles têm com o público é grande. A dinâmica corre em torno do influenciador ser “um de nós”. Eles não são supermodelos, mas pessoas que poderiam ter estudado com você ou morado na sua vizinhança. Os casos de PC Siqueira,Sophia Amoruso e Camila Coelho, que mudaram suas vidas através dos blogs, são icônicos deste fenômeno.

Como promover um e-commerce com a ajuda de influenciadores?

Antes de tudo, é preciso ter em mente o seu objetivo de negócio antes de recorrer a um blogueiro ou outro tipo de influenciador. Com uma ideia bem definida, torna-se muito mais fácil se aproximar deles. Quanto mais fácil for de incorporar o seu produto no conteúdo, mais facilmente o blogueiro topará trabalhar com você.

Por isso, é de suma importância verificar se a sua proposta de marca vai de encontra à proposta de conteúdo do influenciador.

Participe do look do dia

Os posts de “look do dia” são a maneira mais fácil de estabelecer contato com o público do blog. É preciso ter certeza de que o seu produto se alinha à proposta pessoal do blog antes de se aproximar.

Se o blogueiro aceitou a participação de seu produto e o seu preço, compartilhe o post pronto em suas redes sociais, citando o influencer, para ampliar o impacto. A marca brasileira de lingeries e beachwear Janiero dá um ótimo exemplo de como fazer este retorno. Veja aqui.

Produto que não são relacionados à moda

Inove e ofereça um conteúdo enriquecedor, de forma a aproximar a sua proposta do tipo de conteúdo oferecido pelo influencer! A Elegere e a Tudo no Lugar trabalharam com a blogueira Luisa Ferreira, do Chata de Galocha, para organizar o quarto da pequena Beatriz, filha de Luisa. Veja o post aqui.

Já o Homify pediu uma ajudinha das meninas do GWS para atingirem um público mais jovem. Veja o post resultante da parceria aqui.

A Ju Romano é ótimo exemplo de publiposts. A dificuldade do segmento plus size se legitimar no mundo da moda é visível. O blog Entre Topetes e Vinis, surgido em 2009, se tornou um dos canais referência para pessoas gordas que desejam se manter antenadas com o mundo da moda.

Marcas plus size participam dos looks diários de Ju Romano e ainda a convidam para integrar suas campanhas publicitárias, como no caso da Elegance. Nesse post feito em parceria com a Posthaus, a marca concedeu descontos para os leitores do blog de Ju.

Viu só como influenciadores podem tornar a divulgação do seu e-commerce de moda ainda mais eficiente? Para conferir outras dicas para alavancar o seu negócio, baixe o nosso e-book “Guia de e-commerce para moda”!

 


Comentários

Comentários

Equipe iSET

Somos os maiores especialistas em e-commerce no Brasil! Quer começar sua loja virtual? Fale conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *