4 erros de gestão de estoque que você não pode cometer

Todos os lojistas sabem que a gestão de estoque é um dos fatores mais importantes para o sucesso de qualquer negócio. Garantir que a loja consiga atender a qualquer demanda e fazer com que sempre existam os mais diversos itens disponíveis para os clientes, mas, ao mesmo tempo, não manter produtos armazenados em demasia não é uma tarefa simples.

A gestão de estoque carece de muita atenção e diversos cuidados dos lojistas. Caso esse gerenciamento seja feito de forma incorreta, pode fazer com que o negócio tenha muito capital retido em estoque, ou que a loja deixe de vender por falta de itens.

Para ajudá-lo a realizar corretamente a gestão de estoque da sua loja, separamos neste post 4 erros que você não pode cometer. Confira!

1. Não acompanhar os campeões de vendas

Na grande maioria das lojas existem aqueles produtos que possuem maior procura e maior quantidade de vendas. Em alguns estabelecimentos apenas 20% dos produtos podem representar mais de 80% das vendas e dos proventos do negócio. Por isso, é imprescindível que os empreendedores saibam exatamente quais são os campeões de venda do negócio.

Deixar de acompanhar esses produtos pode ser um erro fatal, podendo comprometer bastante a loja. Portanto, é muito importante que os lojistas sempre mantenham uma boa quantidade dos itens campeões de venda no estoque, isso evitará que a loja deixe de vender e sempre atenda as expectativas dos clientes.

2. Perder o pico da sazonalidade

As datas comemorativas como: natal, dia dos pais, dia das mães, Valentine’s Day e dia dos namorados são épocas em que existem grande demanda por produtos e podem representar grande parte do faturamento anual do negócio. Não dimensionar corretamente o estoque e perder a oportunidade de vender mais nos períodos sazonais pode ser um erro crucial e prejudicar bastante os lucros.

É muito importante que os lojistas se preparem e tentem prever a demanda em datas comemorativas, desta forma pode-se dimensionar corretamente o estoque, aproveitando o pico da sazonalidade a garantir bons lucros.

3. Não negociar prazos de entregas dos fornecedores

Um dos erros que mais podem impactar o funcionamento de uma loja é a falta de produtos à disposição dos clientes. Por isso, é de extrema importância que os lojistas saibam negociar corretamente com os fornecedores os prazos de entrega, garantindo que sempre existam itens e que todas as expectativas dos clientes sejam supridas.

Os lojistas devem sempre ter em mente que caso o cliente não encontre um produto na loja, provavelmente irá comprar da concorrência. Portanto, é fundamental que o negócio tenha bons fornecedores e que os prazos de entrega sejam devidamente negociados.

4. Deixar de negociar descontos e condições de pagamento

Por último, um erro comum de ser cometido pelos lojistas é deixar de negociar descontos especiais e melhores condições de pagamento. Para gerenciar bem o estoque é essencial que os empreendedores negociem que as contas sejam pagas após tempo hábil de que certas vendas sejam feitas. Isso garantirá que a loja não fique no vermelho e ajudará os empreendedores a terem maior controle sobre as contas.

Agora que você já sabe quais são os maiores erros na gestão de estoque que um lojista pode cometer, não deixe de ler e aprender como fazer uma gestão eficiente dos produtos do seu e-commerce.


Comentários

Comentários

Thiago Távora

Gerente de Marketing da empresa iSET. Formado em Gestão de Marketing. Especialista em Marketing DIgital e Mídias Sociais. Atuando como Gerente comercial e Negócios. Experiência profissional de mais de 10 anos na área de Internet. Apaixonado por esportes, filmes de ficção científica e amante de música eletrônica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *