Aprenda como precificar serviços de Marketing Digital

Qualquer empresa que deseja se destacar no mercado precisa desenvolver processos básicos de funcionamento. No caso de agências de comunicação e publicidade não é diferente. Um dos principais focos de quem lida com o atendimento ao cliente é precificar serviços de Marketing Digital.

Para te ajudar nessa tarefa, elaboramos um passo a passo prático e objetivo. Confira abaixo!

Como precificar serviços de Marketing Digital?

Uma proposta comercial de sucesso precisa de um olhar atento. Não é à toa que muitas empresas lutam na hora de precificar serviços de Marketing Digital. Evite erros. É preciso fugir de preços baixos ou altos demais, buscando o orçamento ideal.

Como defini-lo? Fique atento aos passos abaixo:

1. Defina o escopo do seu projeto

O que o seu cliente quer e para que precisa da sua agência? Com base nessas informações, você vai poder definir todos os outros passos.

É preciso também mapear a situação atual de quem quer contratá-lo. Tem site? Redes sociais? Base de e-mails? Quais os resultados atuais? Onde ele quer chegar? Existe algum teto de gastos ou limite de tempo?

As consultorias, geralmente, se dividem em três momentos:

  • geração de leads — aumento do tráfego (orgânico, pago e ímãs digitais) de interessados no site/e-commerce;

  • conversão de leads em clientes — construção de canal de comunicação eficaz para o engajamento;

  • fidelização de clientes — estabelecimento de rotinas e conteúdos para fazer com que o cliente continue a consumir da marca.

2. Divida o projeto em etapas

Defina o que será feito apenas uma vez e o que precisa de acompanhamento constante. Lembre-se de que essas ações que demandam administração periódica da sua agência têm um custo separado daquelas pontuais e das ações únicas.

3. Faça uma lista

Coloque na ponta do lápis as atividades que envolvam o projeto. É preciso saber quais serão as ferramentas e plataformas usadas, as estratégias adotadas e quais indicadores de performance serão acompanhados.

Não esqueça de incluir, nessa etapa, a apresentação do projeto para os funcionários da contratante, além de eventuais treinamentos e demonstrações.

4. Defina os custos

A partir da sua lista, fica fácil precificar serviços de Marketing Digital. Inclua a sua mão de obra e os custos fixos da sua agência. Porém, não se esqueça dos serviços e profissionais terceirizados — caso sejam necessários.

Um item muito importante são os impostos e as taxas. Na dúvida, procure seu contador para saber percentuais e casos para aplicação.

Por fim, a sua margem de lucro deve ser definida a partir dos seguintes fatores:

  • momento do seu negócio;

  • momento do seu cliente;

  • momento do seu relacionamento com o cliente;

  • margem para negociação.

5. Valorize seu trabalho

Sua empresa vende resultados! Apresente seus cases, experiências profissionais e mostre que o seu serviço é um investimento com boas chances de retorno para o cliente.

Evite guerras para baixar o preço! Por isso, é importante definir uma margem para negociar. Foque em resultados a partir das necessidades e dos desejos apontados pelo cliente.

Ao fechar negócio, lembre-se de se pautar no contrato para desenvolver as ações. Busque a excelência sempre! Cliente satisfeito é o cartão de visitas para outras oportunidades.

Agora que você aprendeu a precificar serviços de Marketing Digital para sua agência, use a área de comentários para tirar dúvidas e dividir suas experiências conosco!

 


Comentários

Comentários

Camila Coelho

Consultora de E-commerce da Empresa iSET - Internet, Soluções e Tecnologia - Formada em Publicidade e Propaganda, adora fotografia e meu sonho é viajar pelo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *