Boas práticas para evitar o SPAM no e-mail marketing

Pesquisas apontam que entre 40 e 60% de todos os emails enviados são mensagens de SPAM. Entre golpes, propagandas, vírus e correntes, estas mensagens indesejadas são uma carga significativa nos servidores e dão anualmente milhões de dólares de prejuízo em tempo de trabalho e energia desperdiçados.

Não é de se estranhar que hajam então tantas empresas dedicadas a combater o SPAM. Todos os dias novas técnicas e filtros são desenvolvidos, na tentativa de filtrar as mensagens que realmente importam das porcarias que não queremos em nossas caixas de entrada.

O problema é que nenhuma destas tecnologias é perfeita. E-mails de newsletters, promoções e notícias podem ser confundidos com e-mail de SPAM e bloqueados pelos servidores, impedindo que cheguem aos usuários. Isto pode estar acontecendo agora com as suas campanhas!

Por isto, listamos hoje algumas boas práticas para evitar este problema e garantir que todos os seus consumidores recebam sua comunicação sem problemas. Acompanhe!

Saiba quais palavras evitar

Algumas expressões são recorrentes de mensagens de SPAM. Evite-as, sobretudo nos campos “De” e “assunto”. Algumas delas:

  • clique aqui

  • grátis

  • curso

  • de/para sua empresa

  • compre

  • promoção

  • ganhe

Cuidados com as imagens

Nunca utilize apenas uma grande imagem no corpo do e-mail, como se estivesse enviando um flyer virtual. Além de aumentar suas chances de ser marcado como SPAM, isto complica a leitura para usuários que bloqueiam o download automático de imagens, principalmente em smartphones e tablets. Dê preferência ao uso de texto e sempre preencha o atributo alt da tag <img> com uma descrição útil.

Certifique-se que o seu endereço pertence ao domínio da sua loja

O seu remetente deve ser algo como newsletter@minhaloja.com.br. Perceba que minhaloja@servidor.com.br não é a mesma coisa! É necessário que o domínio (a parte que vem depois do @) seja consistente, não o usuário.

O uso de um endereço externo por qualquer motivo é vetado pelo CAPEM – o Código de Autorregulação para a Prática do Email Marketing – e praticamente garante que o e-mail será marcado como SPAM.

Não envie emails sem autorização

Comprar bases de e-mail pode parecer tentador, mas é uma péssima idéia. Só envie emails para quem deu autorização, através de um opt-in ou cadastro. Se estiver com dúvidas sobre a sua base de e-mails, envie uma mensagem pedindo que quem quiser continuar a receber sua newsletter clique em um botão, por exemplo.

A melhor prática é usar o duplo opt-in. Isto é: ao se cadastrar na sua lista, o usuário receberá um link para a confirmação do seu cadastro. Desta forma, você evita que emails falsos sejam cadastrados.

Ofereça opt-out em toda mensagem

Opt-out é o nome do “descadastro”. É a função que o usuário aciona quando quer ser removido de determinada lista. Ninguém quer perder usuários, mas nem por isso é aceitável complicar a vida de quem não quiser mais receber suas mensagens. Deve existir um botão que faça o opt-out automaticamente em todos os emails enviados! Uma boa sugestão é pedir, no opt-out que o usuário marque o motivo que o fez desistir. Desta forma, você pode identificar qual o ponto fraco do seu e-mail marketing e aperfeiçoá-lo.

Confira seus links

Além de serem uma experiência frustrante para quem recebe a newsletter, um link quebrado – seja por um erro de digitação ou pelo site estar fora do ar – é um forte indicador de SPAM.

Por melhor que seja a sua campanha, ela não vai ter efeito nenhum se for confundida com mensagens de SPAM. Por isso mantenha sempre sua base de usuários limpa, componha seus e-mails com cuidado e boas campanhas!

 

Você Sabia? O iMarketing possui um medidor que permite mensurar o índice de SPAM do código HTML do sua campanha. Este recurso avalia as chances de 0 (zero) a 5 (cinco), sendo que zero a chance é miníma e cinco tem grande chance de entrar na caixa de SPAM.


Comentários

Comentários

Thiago Távora

Gerente de Marketing da empresa iSET. Formado em Gestão de Marketing. Especialista em Marketing DIgital e Mídias Sociais. Atuando como Gerente comercial e Negócios. Experiência profissional de mais de 10 anos na área de Internet. Apaixonado por esportes, filmes de ficção científica e amante de música eletrônica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *