Como cadastrar produtos no e-commerce? Aprenda aqui!

É muito importante que uma loja virtual seja localizada facilmente em buscas na internet. Além de investir no Google Adwords, uma das formas de otimizar esse processo é cadastrar produtos no e-commerce de forma estratégica.

Essa pode ser considerada uma das práticas mais importantes para otimizar os resultados, além de facilitar a compreensão do consumidor. Neste artigo, vamos destacar alguns pontos de atenção para realizar esse trabalho de forma adequada. Acompanhe!

Padronização

Para evitar confusão no momento da pesquisa, é necessário que a descrição e imagens tenham um formato padrão. Se você colocou em um produto o padrão “nome+marca”, faça isso em todos; se uma mercadoria tem 4 fotos, todas também deverão ter e assim por diante.

Nomenclatura

A maneira que você nomeia um produto deve ser baseada na forma como seus clientes costumam pesquisar na internet. Por isso, é importante conhecer os termos mais usados no seu segmento e investir nas palavras-chave.

Você pode utilizar o KeywordPlanner para realizar essa pesquisa e verificar qual o volume de buscas de cada termo. Além disso, inclua também as características mais relevantes de cada produto, como marca, modelo e as especificações técnicas.

Categorização

É importante que você tenha uma visão geral da sua mercadoria e encontre uma maneira inteligente de dividi-la em grupos. A categorização correta facilita a navegação do usuário, que vai encontrar de forma mais rápida o que procura.

Importante: fique atento(a) para que o menu aberto não prejudique a visualização dos produtos ou dificulte a usabilidade do site.

Descrição

Essa é, sem dúvidas, uma das partes mais importantes do cadastro. A descrição, juntamente com imagem, faz o papel do vendedor da sua loja virtual. Quanto mais detalhes sobre a mercadoria você incluir, mais segurança o consumidor terá para fechar negócio.

Além da descrição das características, fale sobre a experiência que aquele item pode trazer para a pessoa. Um exemplo: “Tênis de corrida Adidas, você vai se exercitar com segurança e terá ótimos resultados”.

Lembre-se que a leitura na internet é muito rápida, então, procure não escrever descrições muito grandes — use, aproximadamente, 600 caracteres.

Imagens

Essa é outra etapa que merece bastante cuidado. Se a ideia é profissionalizar ainda mais sua loja virtual, investir em uma boa câmera, cursos de fotografia ou até mesmo terceirizar o serviço é importante para melhorar a qualidade das imagens.

Se você será o(a) responsável, utilize uma boa iluminação para mostrar os detalhes do produto, além de programas de edição para tratar a foto. O ideal é incluir, no mínimo, 4 imagens de cada produto.

Também é interessante renomear as imagens antes de incluir no e-commerce. Utilizando o mesmo exemplo do tênis de corrida adidas, você pode editar como tenis-corrida-adidas.jpg. Dessa forma, é possível otimizar o SEO.

Outra dica é utilizar vídeos para demonstrar a utilização dos produtos. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Cisco, até 2020, os vídeos vão representar 85% do tráfego de internet no Brasil.

Isso mostra como o consumidor valoriza esse tipo de conteúdo, que pode gerar mais credibilidade e confiança no momento da compra.

Cadastrar os produtos de forma adequada pode ser decisivo na conversão de vendas. Mesmo que seja um trabalho que demanda mais tempo e dedicação, os resultados podem valer a pena.

Agora que você conferiu a importância de cadastrar produtos no e-commerce, veja como criar promoções na internet para a sua loja e saiba ainda mais sobre o assunto!


Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *