Como criar um setor de criação na agência?

Uma das áreas mais visadas e até mais “glamourizadas” em uma agência de publicidade, o setor de criação é uma peça essencial nesse modelo de negócio e merece uma atenção especial. Neste post, você vai aprender como montar esse setor com o tipo de profissional adequado à função e entregar peças criativas e que gerem muito resultado para os seus clientes. Confira!

Como funciona o setor de criação numa agência de publicidade

Uma agência de publicidade pode ter muitos setores, como é o caso das grandes agências. As menores podem ser mais enxutas. No entanto, o setor de criação é o que não pode faltar em nenhum desses modelos. No geral, independentemente do tamanho, as agências de publicidade têm alguns setores essenciais para que o trabalho flua bem. São eles: 

Atendimento

É o canal de comunicação entre agência e cliente. Responsável por agendar e participar das reuniões, interpretar o briefing, passá-lo para a criação, apresentar as peças para os clientes, entre outras atividades. O atendimento funciona como a voz do cliente dentro da agência, e precisa ter boas habilidades de comunicação para que a mensagem seja assimilada por todos. 

Mídia

Responsável por colocar as peças no ar, o setor de mídia é o que mantém contato com os veículos de comunicação, como jornais, revistas, emissoras de televisão, portais na internet e de mídia online. 

Criação

Essencial em qualquer agência de publicidade, o setor de criação é o mais lembrado tanto por quem quer seguir a profissão quanto por quem pensa em contratar uma agência de publicidade. É ele o responsável por transformar as ideias do cliente em peças criativas e fazer com que as empresas se comuniquem da melhor maneira possível com o público. 

Como montar um setor de criação

A área criativa da sua agência é formada por três tipos de profissionais: o redator, o diretor de arte (ou designer) e o revisor. Cada um tem uma função específica e essencial para que o resultado final seja o melhor possível para o sucesso da comunicação e para o cliente. 

Composta pelo redator e designer, a dupla de criação é responsável por criar a peça, cada um com uma tarefa específica. Após definirem o que será a peça ou a campanha, o redator parte para criar o texto, enquanto o designer dá vida às imagens. Ao final, o revisor se encarrega de garantir que não há erros antes do trabalho seguir para o cliente. 

É importante que você perceba que, ao contratar redatores e designers para formar a dupla de criação, é fundamental procurar por pessoas criativas, com uma boa bagagem cultural, muitas referências e um bom portfólio. O revisor, por sua vez, precisa ser alguém atento, com olho clínico e capacidade de manter o foco mesmo em ambientes barulhentos. 

Como contratar pessoas para o setor de criação

A contratação de profissionais para o setor de criação deve ser feita com cuidado e por um profissional que entenda do trabalho que será realizado. É importante procurar por pessoas que tenham experiência na área, seja de mercado, seja nos estudos.

Busque conhecer que cursos seu candidato fez, onde trabalhou e, mais importante, peça que ele apresente seu portfólio. Um bom portfólio vai ajudar você a separar aqueles que têm o perfil mais adequado para os seus clientes. 

Agora que você conhece a importância dos profissionais criativos, é hora de montar o seu setor de criação. O trabalho é grande? Não se preocupe! Caso precise de suporte para atender suas demandas, entre em contato com a iSet que estaremos prontos para te ajudar! 


Comentários

Comentários

Thiago Távora

Gerente de Marketing da empresa iSET. Formado em Gestão de Marketing. Especialista em Marketing DIgital e Mídias Sociais. Atuando como Gerente comercial e Negócios. Experiência profissional de mais de 10 anos na área de Internet. Apaixonado por esportes, filmes de ficção científica e amante de música eletrônica.