Como criar uma política de trocas na minha loja virtual?

O BLOG MAIS COMPLETO SOBRE E-COMMERCE DO BRASIL

Em tempos de redes sociais, um cliente contente consegue convencer muito menos do que um que está extremamente insatisfeito, acredite. Imagine alguém escrevendo com toda a sua fúria que teve uma experiência ruim ao comprar em seu e-commerce?

Uma das principais reclamações em relação às lojas virtuais é a dificuldade em trocar os produtos adquiridos. Um SAC paciente e solícito nem sempre quer dizer que todos os problemas nesse sentido estarão resolvidos. O ideal é que sua loja de comércio eletrônico tenha uma política de trocas clara, bem elaborada e que esteja de acordo com o que diz o código de defesa do consumidor. Acompanhe nosso post de hoje e saiba mais a respeito do assunto!

Os tipos de troca

Quando o cliente realiza uma compra em uma loja de e-commerce, existem duas categorias mais comuns de troca de mercadorias, que são:

Troca de produto com defeito

A troca por defeito no produto, que, de acordo com a legislação, deverá ser realizada em até 30 dias. Nesse caso, a loja deverá arcar com os custos do reenvio e encaminhará uma mercadoria idêntica para o comprador e em perfeito estado. O item também poderá ser substituído por outro produto similar ou até mesmo um vale-compras, ficando a critério do cliente.

Troca de produto sem defeito

Na segunda situação existe a troca do produto que não apresenta nenhum defeito — como normalmente acontece quando se compra roupas ou calçados e o tamanho das peças não está adequado ao uso do comprador.

Essa modalidade de troca segue a mesma dinâmica da primeira: 30 dias com sujeição de disponibilidade dos produtos. No caso de não existir uma mercadoria similar à que foi adquirida, deverá ser combinado um modo de satisfazer o comprador com outro artigo, ou vale-compras, como já citado.

O que deve existir em uma boa política de trocas

Seguir a legislação

Em primeiro lugar, respeitar o que diz a legislação. Ou seja, a sua loja deve ser fácil de ser contatada e oferecer o mesmo produto ou similar com o máximo de agilidade possível, dentro dos prazos e condições já citadas no tópico anterior.

Contatos claros

Algo que deve ficar claro é que os contatos iniciais deverão ser feitos por e-mail ou telefone para que o cliente possa entender os motivos da troca. Imagine você, proprietário de um e-commerce, recebendo um produto qualquer sem nenhuma justificativa? Provavelmente você não terá ideia do que fazer, e é por isso que na política de trocas, que deverá estar explícita em seu site, deverá conter esta informação importante.

Troca em loja física

Outra dica valiosa para a concepção de sua política de trocas: se você também tem lojas físicas, que tal permitir que as trocas também sejam feitas nelas? Existem casos de sucesso nesse sentido, e um muito famoso que é a Centauro Esportes. Trata-se do já consagrado conceito de omnichannel.

E então, o que você achou do nosso post sobre como criar uma política de trocas na minha loja virtual? Siga esses passos para aumentar suas vendas no e-commerce! Aproveite a visita em nosso blog e registre a sua opinião em nosso campo de comentários!


Comentários

Comentários

 

2 comentários

  1. Feliciano disse:

    Estava pensando em montar uma loja virtual, por onde começar ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *