Como escrever descrições que vendem mais

Para que se consiga vender um produto em lojas virtuais é preciso, além de uma loja muito bem estruturada e atrativa ao cliente, que os artigos a venda tenham uma descrição chamativa e completa. Através da descrição do produto e da arquitetura de sua página de apresentação pode-se aumentar a conversão da loja. É preciso fazer um planejamento prévio daquilo que será usado na descrição de cada um dos produtos, sempre monitorando as taxas de acesso e conversão da página, para definir se a descrição está sendo efetiva.

A tendência atual, na era das mídias sociais, é de uma humanização do contato com o público. A ideia de que temos que tratar o público como algo distante, procurando simplesmente maximizar a eficiência do negócio e aumentar a objetividade das inter-relações entre empresa e cliente já está ultrapassada. Quanto mais conseguir se aproximar do público, entendendo suas necessidades e dúvidas enquanto cliente, mais fácil será criar uma descrição ao mesmo tempo atrativa, completa e eficaz, visando o fechamento da venda. Mas então a pergunta é: como fazer isso?

Escreva uma descrição única

Busque colocar um pouco da identidade da empresa na hora de descrever seus produtos. Evite se valer da descrição do fornecedor, pois ela é massificada e estará em outros sites que vendem o mesmo produto. Isto também traz prejuízos com as ferramentas de busca (que geralmente abominam conteúdo duplicado). Por este motivo, a descrição única ajuda na sua estratégia de SEO.

Ainda existe a questão da percepção do cliente sobre o texto. O cliente valoriza atendimento personalizado, e perceberá isso nas suas descrições. Utilize uma linguagem adequada ao seu público-alvo. O que nos leva ao próximo tópico:

Saiba falar para seu público

Tenha em mente o perfil de seus clientes, e utilize isso a seu favor. De nada adianta falar de forma rebuscada se isso não será internalizado pelo seu público. Procure se colocar no lugar deles e imaginar o que seria mais interessante, e, ao mesmo tempo, o que os informaria com maior efetividade. Além disso, é importante pensar no produto vendido e suas características, diferenciando a linguagem para segmentos e perfis distintos. Aqui também vale a dica de adaptar termos técnicos para que sejam facilmente entendidos por leigos.

Arquitetura da página

Procure atrair a atenção do cliente logo na primeira página. Por uma questão de arquitetura e disposição dos elementos, as pessoas são atraídas por aquilo que está evidenciado logo no topo da página. Caso o cliente tenha sua curiosidade despertada a partir de imagens e detalhes relevantes aparentes logo no começo da página, é mais provável que ele role a página para continuar lendo sobre o produto e suas características técnicas. Para conseguir isso, seja objetivo. Deixe especificações para o fim da página. Um layout clean e sem erros gramaticais também são pontos importantes.

Seja convincente e converta o clique

Converse com o cliente. Faça do seu texto uma estratégia para ganhá-lo. Fale dos benefícios do produto e de suas vantagens perante os concorrentes. Faça com que ele queira possuir o produto que você está descrevendo. Prenda a atenção do seu possível cliente utilizando as dicas acima, e saiba também se valer do poder da síntese. Faça uma pequena descrição criativa e completa e coloque-a no topo da página, como chamariz para seu produto. Você tem poucos segundos para conseguir convencê-lo de que vale a pena continuar a leitura da página. Para isso, valha-se de objetividade e criatividade. Estas, somadas a uma arquitetura de página bem elaborada e planejada podem ser o que te fará ganhar a venda.

E aí, pronto para repensar as suas descrições? Depois comente, contando quais foram os seus resultados!

 


Comentários

Comentários

Equipe iSET

Somos os maiores especialistas em e-commerce no Brasil! Quer começar sua loja virtual? Fale conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *