E-commerce: como incluí-lo na minha oferta de serviços digitais?

Clicar e comprar! Toda essa facilidade faz com que o número de adeptos às compras pela internet aumente a cada dia. Mas embora o e-commerce seja uma área de excelentes oportunidades, é preciso se preparar para incluí-lo entre os serviços digitais da sua empresa com sucesso. 

Quer saber como fazer isso? Então não perca este post! Vamos dar dicas imperdíveis de como fazer seu e-commerce decolar. Preparado? 

Conheça as ferramentas específicas do setor

Para obter resultados, o e-commerce precisa contar com uma boa plataforma, que ofereça serviços indispensáveis aos seus clientes. Sem essas funcionalidades, a loja virtual não vende

O sistema utilizado para gerenciar a loja virtual precisa oferecer ferramentas capazes de promover a segurança, usabilidade e outras aplicações que um comércio virtual precisa para funcionar bem e atender os seus clientes. 

Além disso, uma loja virtual não vende sozinha. O empreendedor digital deve conhecer ferramentas de marketing digital. Elas são fundamentais para trazer o consumidor até o seu e-commerce e converter essas visitas em vendas. 

2. Posicione-se entre os primeiros resultados

Hoje, 93% dos processos de compra começam com uma busca pela internet. Ótima notícia para o e-commerce, não é mesmo? 

Porém, existe um outro dado que você não pode desconsiderar: 75% dos usuários nunca passam da primeira página dos resultados de busca. Elas entendem que as primeiras opções que aparecem ali são as mais confiáveis e já efetuam sua compra. 

Por esse motivo, o alvo principal de quem deseja atrair o cliente para um e-commerce é ficar entre os primeiros resultados! Para isso, é preciso utilizar estratégias já bem conhecidas no mundo virtual. Elas trarão visitantes para sua loja e o resultado será o crescimento das vendas. 

3. Monte um pacote de serviços completo

E já que falamos em estratégias, elas devem ser levadas em consideração quando você monta o seu pacote. Em vez de optar por uma plataforma básica, que garantirá o funcionamento de sua loja mas não vai contribuir com a captação de clientes, pense em soluções mais completas. 

Uma empresa especializada pode ajudar você a fazer tudo o que precisa para que seu e-commerce realmente venda. Entre os serviços que esses fornecedores podem oferecer, são de extrema importância: 

  • planejamento de SEO (Search Engine Optimization), que são aqueles truques que vão fazer sua empresa aparecer entre os primeiros lugares na busca;
  • produção de conteúdo — uma ferramenta fundamental para atrair o cliente;
  • campanhas de e-mail Marketing. 

Enfim, para sua loja vender, você precisa de um parceiro que cuide de todas as etapas desse processo: desde a atração de visitantes até a análise dos resultados e aperfeiçoamento dos processos. 

4. Prepare-se para o mercado móvel

Atualmente, 80% das casas com acesso à internet utilizam o celular para navegar na rede. Não é sem motivo que grandes plataformas e marketplaces estão investindo na criação de aplicativos para vendas. 

A lógica é simples: ao facilitar o acesso móvel à sua loja, é como se você a colocasse nas mãos do cliente o tempo inteiro, por meio do smartphone ou outro dispositivo similar.

Com essa facilidade de acesso e exposição constante, as chances de ele visualizar suas ofertas e se decidir pela compra são muito maiores. 

Por isso, quem começa hoje um e-commerce sem dar a devida atenção à mobilidade, está iniciando um negócio defasado em relação aos seus concorrentes. Investir em um layout responsivo é prioridade, e a navegação móvel deve ser tão simples quanto por computador. 

Entendeu o que você precisa fazer para incluir o e-commerce na sua oferta de serviços digitais? Quer saber mais e alavancar o seu negócio? Então não perca tempo! Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba conteúdos indispensáveis, diretamente em seu e-mail!


Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *