Entenda o que é RFID e como ela pode ser útil em sua loja virtual

Provavelmente você já se deparou com algum leitor ótico posicionado sobre o código de barras em algum produto, certo? O código de barras é utilizado para identificar e mostrar as informações pertinentes ao produto como: preço, validade e fabricante.

Agora, imagine um armazém de um grande e-commerce com centenas de produtos que precisam ser cadastrados no sistema. A mão de obra necessária para realizar o cadastramento é enorme!

No artigo de hoje, apresentaremos uma tecnologia que vem agilizando o processo de cadastramento de produtos. Explicaremos o que é RFID, quais são suas vantagens e como implementar em seu e-commerce. Não deixe de conferir!

Afinal, o que é RFID?

RFID é a sigla de Radio-Frequency Identification ou, em português, Identificação por Rádio Frequência. Basicamente, ele captura os dados utilizando a frequência de rádio.

Há alguns anos o e-commerce tem usado essa tecnologia para agilizar o processo de cadastramento e rastreamento dos seus produtos. O processo é feito por meio da leitura automática das etiquetas que são postas nos produtos.

Mas, para que o RFID funcione corretamente, é necessário que a empresa tenha um ERP instalado no sistema. Se você ainda não sabe o que é ERP, ele é um software que faz a integração entre os sistemas, ou seja, faria a integração do RFID com sua loja virtual.

A utilização dessa tecnologia traz uma série de vantagens para o comércio eletrônico, duvida?

Quais as vantagens do uso do RFID?

Por meio da utilização de etiquetas é possível fazer a identificação automática do produto. Com isso, todas as informações pertinentes são registradas no sistema da loja.

Além da agilidade no cadastramento, facilita o rastreamento dos produtos. Geralmente, um produto passa por vários pontos de controle antes de chegar ao consumidor final. Com a utilização dessa tecnologia, o processo de checagem fica mais rápido.

O controle de estoque também será mais eficiente, já que não é necessário uma verificação manual dos produtos. Com a utilização da frequência de rádio é possível saber quantos produtos realmente estão em estoque.

Esse processo é feito por meio das etiquetas que são postas nos produtos, mas existem 3 tipos de etiquetas.

Quais são os 3 tipos de etiquetas?

São utilizados 3 tipos de etiquetas que você entenderá quais são e quais as diferenças entre elas.

Etiquetas passivas

São as mais comuns devido à sua simplicidade e baixo custo. Elas não possuem bateria e se alimentam das ondas eletromagnéticas que as antenas dos leitores emitem. Com isso, não é possível iniciar uma comunicação automática.

Etiquetas semipassivas

Essas etiquetas possuem bateria, mas servem somente para alimentação dos circuitos internos e são incapazes de criar a comunicação automática com os leitores.

Etiquetas ativas

Possuem baterias próprias que fazem a própria alimentação dos circuitos e, com isso, conseguem fazer a comunicação automática com os leitores. Por causa dessas características o valor acaba sendo mais elevado.

Mas, existem alguns pontos negativos que podem ser obstáculos para sua implementação.

E os obstáculos para a implementação, quais são?

Para que o RFID funcione corretamente é necessário que a loja virtual possua o ERP. Existe uma grande variedade de softwares e cada qual tem o seu valor. O investimento inicial pode ser elevado e esse é um dos pontos negativos.

Além do ERP, é preciso instalar as etiquetas de identificação em cada produto. Dependendo do modelo a ser utilizado, o valor investido pode ser alto para os e-commerces que possuem estoque baixo.

E como o sistema precisa ser mais robusto, para que funcione corretamente é requisitada uma antena para captação dos sinais e, consequentemente, fazer a leitura dos dados.

A utilização dessa tecnologia é recheada de vantagens tanto para os e-commerces quanto para os consumidores, já que proporciona maior agilidade, segurança e comodidade para ambas as partes.

Por isso, se a sua loja virtual está interessada em deixar sua estrutura de logística mais robusta e segura, é interessante incluir o RFID em seu planejamento.

E então, tirou suas dúvidas sobre o que é RFID? Deixe seu comentário sobre o assunto!


Comentários

Comentários