10 erros que você deve evitar ao abrir um negócio próprio

Praticamente todos os dias, ao navegar pela internet, você encontra uma oferta ou anúncio para ganhar dinheiro trabalhando em casa, não é?

São anúncios chamativos e, certamente, você já se interessou em mudar de vida e abrir um negócio próprio.

Tornar-se um empreendedor digital parece ser realmente muito fácil, pois muitos acreditam que ter um negócio online requer apenas um computador e uma boa conexão com a internet. Além disso, há o fato do investimento inicial ser baixo e muitas pessoas pensam que esse tipo de trabalho não se exige nenhuma experiência.

Porém, nesse cenário, muitos empreendedores em potencial imaginam que haja alguma fórmula mágica com a qual as pessoas ganham dinheiro sem esforço. Mas fique atento, pois essa não é a realidade.

Embora seja possível sim ganhar dinheiro trabalhando pela internet, há muitos erros que precisam ser evitados ao abrir um negócio próprio, e é sobre eles que falaremos no post de hoje. Separamos os 10 principais deslizes no mercado digital para que você fique atento e não os cometa. São eles:

  1. Não se planejar;
  2. Dedicar-se pouco;
  3. Não testar o produto;
  4. Não saber se organizar;
  5. Ter pouca disciplina;
  6. Negligenciar as redes sociais;
  7. Descuidar das finanças;
  8. Não agregar valor ao produto;
  9. Desprezar as plataformas online;
  10. Parar de aprender.

Mitos e lendas sobre abrir um negócio próprio na internet

O mercado digital é recente, e como grande parte das novidades, acaba sendo incompreendido por muitas pessoas. Uma grande porção dos brasileiros aprende a “mexer na internet” de maneira autônoma e intuitiva, lendo conteúdos e assistindo tutoriais.

Esse pouco conhecimento causa o surgimento de muitos mitos quando o assunto é fazer da internet uma fonte de renda estável e contínua. Os mais comuns são:

  • Não sou um bom vendedor, então o mercado digital não é para mim;
  • Não conheço o suficiente sobre internet para entrar nesse mercado;
  • Quem trabalha no meio digital tem vida fácil;
  • Os produtos vendidos pela internet são pouco confiáveis;
  • Não tenho dinheiro suficiente para entrar nesse mercado;
  • Os casos de sucesso no mundo digital são “fakes”;
  • Vou ficar rico trabalhando pouco.

A lista de mitos e lendas pode se estender ainda mais, mas saiba que todas essas dúvidas podem ser argumentadas e derrubadas com mais conhecimento, estudo e pesquisas corretas. Porém, é claro que quem começa com esse tipo de pensamento acaba cometendo alguns erros logo no início, por isso você precisa saber quais são eles para conseguir evitá-los.

Erros que você precisa em seu negócio

Antes de qualquer coisa, é preciso que o empreendedor digital tenha consciência de que, embora seu negócio seja realizado de forma virtual, ele tem as mesmas exigências e demandas de um comércio tradicional.

Para abrir uma loja de roupas física, por exemplo, serão necessários muitos passos até que finalmente as portas sejam abertas, e muitos outros para que ela continue aberta e lucrativa.

No mercado digital vale a mesma regra. Portanto, o primeiro erro a ser evitado ao abrir um negócio próprio é imaginar que sua loja online será um sucesso sozinha, de forma automática.

Para fazer sucesso no mundo digital é vital trabalhar duro, diariamente, muitas vezes mais ainda do que em uma loja física. Por isso, deixe de lado a ideia de uma vida folgada à beira da piscina e prepare-se para muito trabalho pela frente.

Entretanto, saiba que todo esse trabalho será recompensador, afinal, há várias vantagens para quem é dono do próprio negócio, como passar mais tempo com a família, poder viajar mais e conseguir planejar seu dia e horários da forma que mais lhe agradar.

A partir de agora, vamos te mostrar os 10 principais erros que devem ser evitados.

1.    Não se planejar

A facilidade de abrir uma e-commerce ou criar um produto digital traz a falsa sensação de que os problemas podem ser resolvidos à medida que surgem, sem um planejamento prévio.

Esse é um erro primário de quem pretende trabalhar no mercado digital, já que muitas demandas do comércio tradicional se aplicam ao virtual.

Conhecer o público-alvo, elaborar estratégias de marketing, fazer o controle das operações e uma série de outros quesitos farão parte do dia a dia do empreendedor. Por isso, realizar um bom planejamento é essencial e será um diferencial para quem busca abrir um negócio próprio de sucesso.

2.    Dedicar-se pouco  

A criação, manutenção e crescimento de um negócio online exige muita dedicação. É preciso responder aos clientes com presteza, estar atento às novidades do mercado e do nicho específico de atuação, controlar planilhas e divulgar seus produtos adequadamente.

Isso pode demandar muito tempo, inclusive aos fins de semana e feriados, já que seu negócio funcionará todos os dias da semana, e 24 horas por dia.

Então, quem dedica-se pouco acaba não conseguindo acompanhar o mercado.

3.    Não testar o produto

Esse é outro erro recorrente de quem está em busca de abrir um negócio próprio, já que, muitas vezes, as pessoas imaginam que seu produto será um sucesso de vendas baseado apenas em especulações.

É preciso ter dados concretos e, para consegui-los, o ideal é testar a inserção do produto junto ao público-alvo. Portanto, ofereça uma versão simplificada de seu produto (se esse for o caso) ou espere os feedbacks de compradores para ter certeza de que ele realmente causa interesse nas pessoas, e aí, com dados concretos, o investimento valerá a pena.

4.    Não saber se organizar

Se comparado a um emprego formal, o empreendedorismo digital é muito mais flexível em relação à carga horária diária de trabalho.

Ter mais tempo livre para a família e para a vida social é o que atrai muitas das pessoas que têm interesse em abrir um negócio próprio. Porém, essa flexibilidade não pode ser confundida com desorganização.

Na verdade, é muito mais difícil ser organizado quando se tem tempo disponível, e isso exige um grande senso de responsabilidade do empreendedor digital, para que as tarefas sejam cumpridas no tempo adequado.

5.    Ter pouca disciplina

Assim como a organização, a disciplina é um dos pilares dos empreendedores de sucesso. Cumprir cada etapa da organização e do planejamento é colocar em prática tudo o que foi determinado, sem protelar prazos e deixar para fazer amanhã o que precisa ser resolvido hoje.

6.    Negligenciar as redes sociais

Qualquer empreendedor digital precisa ter uma estratégica clara de divulgação nas redes sociais, pois a maior parte do tempo de navegação dos potenciais clientes é gasto nas redes.

Quando surgiram, essas plataformas serviam apenas para o contato e a atualização dos seguidores. Mas, atualmente, elas são ambientes propícios para os negócios e que atingem praticamente todas as camadas e faixas etárias da população.

Nesse cenário, deixar de lado as redes sociais significa também desprezar uma maneira de divulgar seu negócio.

7.    Descuidar das finanças

Esse erro é recorrente entre empreendedores de estabelecimentos físicos, mas atinge também grande parte dos empresários do ramo digital.

Os lucros são sazonais e podem variar muito de um período para outro, e sem planejamento financeiro, é bem provável que em pouco tempo o negócio onlive acabe sendo abandonado.

Ao contrário do mercado formal, no qual o salário cai na conta em um dia específico, nos negócios digitais é preciso atenção e controle rígido das retiradas para que a saúde financeira do empreendimento seja mantida.

8.    Não agregar valor ao produto

O mercado digital tem alguns diferenciais em relação ao empreendimento tradicional, e um dos principais é a necessidade de oferecer mais do que apenas o produto em si.

Mas como fazer isso?

Agregando valor. Imaginemos que você tem um e-commerce que vende roupas importadas. Para agregar valor , é vital que você mantenha um blog, por exemplo, com dicas de moda e de tendências da estação. Isso é interessante para seus clientes porque você entrega mais do que apenas a peça de roupa escolhida, além de agradar e fidelizar os clientes.

Essa lógica vale para todos os nichos do mercado digital, de produtos digitais a físicos. Conteúdos relevantes e de qualidade fazem toda a diferença na hora de abrir um negócio próprio, e eles devem ser previstos já nas primeiras etapas do seu planejamento.

9.    Desprezar as plataformas online

A mesma ideia que você teve, a de abrir um negócio próprio, ocorre diariamente a milhares de outras pessoas. Então, você precisa de um diferencial, e plataformas online podem ser ótimas para isso.

Você pode, por exemplo, fazer parcerias com outros empreendedores por meio de alguma plataforma de afiliados. Essa relação é lucrativa para ambos os lados e é um grande diferencial de mercado pois, com mais gente divulgando seu produto, maior será seu potencial de vendas.

Outro tipo de plataforma interessante são as de e-commerce. Se você quer montar uma loja online, essas plataformas são excelentes porque fornecem ferramentas essenciais para que sua loja funcione com segurança e seja encontrada pelos clientes.

10.  Parar de aprender

Todos os dias surgem novidades no mercado digital. Novas ideias, técnicas e ferramentas que ajudam na divulgação e na efetivação das vendas, portanto, quem quer abrir um negócio próprio precisa estar disposto a seguir aprendendo cada vez mais.

Por ser recente, grande parte dos empreendedores começam um negócio online com muitas dúvidas, o que é normal. Conhecer mais sobre o mercado, ser curioso e buscar sempre mais aprendizado é uma das fórmulas de sucesso.

Supere os desafios, persista e prospere

Empreender é um grande desafio e um desejo de muitos brasileiros. Porém, abrir um negócio próprio deve ser um processo organizado e elaborado, para que o esforço e a dedicação possam ser recompensados com lucros e com estabilidade financeira.

As estatísticas demonstram que a maior parte das empresas que são abertas no país, tanto físicas quanto virtuais, duram menos de dois anos, o que desestimula empreendedores, traz frustração e uma série de outros problemas.

Portanto, antes começar a empreender sozinho, siga cada uma das etapas descritas, faça um bom planejamento e, sobretudo, escolha produtos que você conheça e realmente goste, pois a principal vantagem do empreendedorismo é trabalhar com paixão e com dedicação, sem considerar o trabalho como uma tarefa cansativa.

Ainda não sabe por onde começar? Leia este post com 30 ideias de negócios em alta para ser seu próprio chefe.

Guest post produzido pela equipe da Hotmart.


Comentários

Comentários