Marketing de Conteúdo e e-commerce: um guia para usar a estratégia

Com a expansão assustadora que o mercado de e-commerce vem passando nos últimos anos, as lojas precisam operar em um nível cada vez mais alto para se manter relevantes.

 

Isso envolve executar com perfeição os elementos básicos, que fazem parte do “manual do e-commerce”, como oferecer produtos de qualidade, entregar no prazo e atender bem.

 

Mas, só isso não garante o sucesso, já que há muitas outras lojas fazendo o mesmo por aí. É preciso ir além, se diferenciar dos demais e criar autoridade.

 

A melhor forma de fazer isso é por apostar no Marketing de Conteúdo, uma das opções favoritas de 70% das empresas do Brasil, como apontado pela Content Trends 2017.

 

Mas como será que o marketing de conteúdo para e-commerce pode ser útil para a sua loja? Veja em detalhes!

Por que o seu e-commerce precisa do marketing de conteúdo

Apesar de ser uma estratégia excelente, ainda não são todas as lojas que investem no Marketing de Conteúdo para e-commerce.

 

Talvez isso faça você pensar: será que esse investimento é mesmo necessário?

 

A resposta é um sonoro sim! Existem bons motivos para você pensar nisso desde já, como:

Alto retorno sobre investimento

A E-commerce Trends 2017, pesquisa feita pela Rock Content que mostra o panorama do mercado no Brasil, aponta que o Marketing de Conteúdo é usado por 87,5% das lojas virtuais.

 

Elas declararam que as visitas dobraram e a aquisição de clientes aumentou quase 5 vezes!

 

Dessas empresas, 43.2% utilizam blogs e viram as visitas triplicarem e a aquisição de clientes dobrar.

Efeito de longa duração

 

Talvez um dos melhores benefícios do Marketing de Conteúdo seja a duração dos resultados que ele produz. Como assim?

 

As estratégias de maior sucesso são aquelas que produzem conteúdo perene, ou seja, material que seja tão relevante daqui a um ano quanto é hoje.

 

Assim, o mesmo post que você usar para atrair clientes agora poderá ser usado com a mesma eficácia para conquistar novos compradores no futuro, sendo necessário fazer apenas algumas atualizações.

Facilidade para investir em outras formas de marketing

O Marketing de Conteúdo também abre as portas para que você use outras estratégias digitais de maneira mais completa.

 

Por exemplo, é muito mais fácil criar autoridade nas redes sociais quando se compartilha conteúdo de qualidade.

 

Outras alternativas interessantes a explorar com a ajuda do conteúdo são:

 

Todas essas possibilidades mostram que o Marketing de Conteúdo não serve apenas como tática isolada, mas dentro de um esforço integrado com outras formas de atração e fidelização.

Vantagens do Marketing de Conteúdo para e-commerce

Uma estratégia tão popular tem de oferecer alguma vantagem, não é mesmo? Felizmente, o Marketing de Conteúdo para e-commerce não se limita a uma.

 

Há vários benefícios de usar conteúdo para conversar com o público, e separamos três para te ajudar a ver como essa estratégia tem valor:

1. Fortalece a marca

As pessoas estão acostumadas a usar o conteúdo como um dos principais critérios antes de comprar qualquer coisa hoje em dia, porque se sentem mais seguras em tomar boas decisões.

 

Marcas que produzem conteúdo de qualidade passam a ideia de transparência. Afinal, quem quer enganar os clientes não vai se dar ao trabalho de educá-los.

 

Além disso, um bom conteúdo transmite competência e domínio do assunto, já que para realmente ajudar alguém você precisa mostrar que sabe do que está falando.

 

Tudo isso faz com que o Marketing de Conteúdo para e-commerce contribua para o fortalecimento das marcas que o usam.

2. Melhora sua posição nos mecanismos de busca

Quanto mais conteúdo de qualidade o seu site tiver, melhor será a reputação dele nos motores de busca.

 

Esses sites estão cada vez mais preocupados em oferecer resultados que satisfaçam a necessidade do usuário em poucos cliques. Por isso, o melhor conteúdo fica sempre no topo da página.

 

Assim, a tendência é que a sua loja receba um tráfego muito maior e tenha melhores chances de conversão.

3. Influência nas conversões

Quando uma pessoa consome seu conteúdo e é ajudado por isso, ela desenvolve um sentimento de gratidão e uma relação mais próxima com a sua marca.

 

Uma relação mais próxima com seu público interfere bastante nas decisões que ela vai tomar em direção à conversão.

 

Um potencial cliente indeciso, por exemplo, estará mais inclinado a retribuir a sua ajuda por comprar de você do que a escolher um concorrente seu.

Primeiros passos da estratégia

É provável que, a esta altura, você já tenha se convencido de que o Marketing de Conteúdo pode ser justamente o que o seu e-commerce precisa.

 

Então, é hora de aprender quais são os passos necessários para iniciar nessa jornada e tirar o máximo possível que o Marketing de Conteúdo tem a oferecer.

 

Os passos iniciais são:

Definir suas personas

A persona é uma representação do seu cliente ideal, e é mais específica que uma simples definição de público-alvo.

 

É esse perfil que vai servir como guia de todo o seu conteúdo, então é importante defini-la corretamente.

 

A criação da persona é feita com base em quem já compra da sua loja, por isso o melhor método é fazer entrevistas com os clientes.

Escolher KPIs

Qualquer estratégia de marketing precisa de acompanhamento constante, para que os resultados correspondam ao que foi definido como objetivo inicialmente.

 

No marketing digital, usamos KPIs (Key Performance Indicators), os indicadores-chave de desempenho, para fazer esse acompanhamento.

 

Há muitas opções de KPIs que você pode escolher, dependendo dos seus objetivos. O segredo é escolher indicadores que tenham impacto real no seu negócio.

Definir seus canais

O blog é o principal canal de marketing de conteúdo que existe  —  e já fica aqui a recomendação para que você tenha um no seu e-commerce  — , mas não o único.

 

Há muitos outros veículos que você pode usar para interagir com seu público e oferecer conteúdo relevante para ele. Alguns dos principais canais usados hoje são:

 

Ao definir seus canais, pense em quais deles a sua persona gosta mais de usar.

 

Além disso, um canal complementa o outro, então vale a pena diversificar a sua produção de conteúdo em vários deles, se possível.

 

Depois de fazer isso, é hora de se dedicar à produção do seu conteúdo, e é disso que vamos falar a seguir.

Como garantir que seu conteúdo gere resultados

Não adianta nada investir no Marketing de Conteúdo se o material que você produzir não tiver qualidade e gerar interesse na persona.

 

Além disso, também é preciso fazer com que esse conteúdo realmente chegue até o público. Caso contrário, será como um tesouro valioso que fica escondido e não pode ser usado para nada.

 

A melhor forma de garantir que isso aconteça é cuidando de cada etapa do processo de criação, e vamos analisar cada uma a seguir:

Planejamento

A maneira como o conteúdo é planejado faz toda a diferença na sua qualidade, relevância e, consequentemente, no seu sucesso.

 

Em vez de simplesmente ter uma ideia bacana e começar a escrever sobre ela, siga um processo, que o ajudará a produzir o que a sua persona quer e precisa consumir.

 

Esse processo se resume a:

Produção

Depois de ter uma base pronta, é hora de realmente produzir o conteúdo. Continuando o mesmo processo, os passos agora são:

Divulgação

O último passo é a promoção, que vai envolver tanto esforço quanto as outras etapas, senão mais. Você deve fazer o seguinte:

  • compartilhar: compartilhe o conteúdo em todas as suas redes sociais, mais de uma vez e em diferentes horários, seguindo um cronograma;
  • impulsionar: patrocinar um post também pode trazer ótimos resultados e aumentar o alcance da sua mensagem;
  • newsletter: envie o novo conteúdo para os assinantes da sua newsletter a fim de gerar maior tráfego e engajamento;
  • interagir: interaja com os seguidores, respondendo a comentários, agradecendo por compartilharem, discutindo o tema do post, etc;
  • acompanhar os resultados: acompanhe os resultados de cada post para ver quais se saem melhor e ajustar sua estratégia de acordo com esses dados.

 

O Marketing de Conteúdo para e-commerce é uma das estratégias que deveriam tomar boa parte do seu tempo dedicado a atrair e fidelizar os clientes. Não tem como ignorar os benefícios que ele traz.

 

Agora você já tem o que precisa para dar os primeiros passos!

 

Algo que anda de mãos dadas com o Marketing de Conteúdo é o SEO. Então, aprenda agora como otimizar o seu e-commerce para ser encontrado mais facilmente nos sites de busca!


Comentários

Comentários

Thiago Távora

Gerente de Marketing da empresa iSET. Formado em Gestão de Marketing. Especialista em Marketing DIgital e Mídias Sociais. Atuando como Gerente comercial e Negócios. Experiência profissional de mais de 10 anos na área de Internet. Apaixonado por esportes, filmes de ficção científica e amante de música eletrônica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *