Qual a influência da análise de dados de seus clientes para o sucesso do seu e-commerce

A coleta e a análise de dados sobre o consumidor sempre foram importantes para as estratégias de crescimento de qualquer tipo de negócio. Desconsiderar estas informações na hora da tomada de decisões é como dirigir um carro de olhos vendados.

Para os empreendedores que atuam no comércio eletrônico, fazer esta análise não é tão difícil quanto se pensa. Isso porque é possível medir cada ação dos usuários na loja virtual e com as mídias que levaram o consumidor até ela.

Neste post, vamos mostrar em quais setores você pode aplicar esta análise para garantir o sucesso da sua empresa.

Na satisfação dos clientes

Os dados que o seu consumidor fornece no cadastro e também a maneira como ele navega pelo seu site podem indicar quais são as suas necessidades, seus hábitos de consumo e seus desejos.

Com estas informações, você descobre o comportamento do seu público-alvo e, dessa forma, cria ações mais direcionadas, oferece produtos e serviços que os interessam, antecipa a solução de problemas e cria estratégias para fortalecer o relacionamento.

Na navegabilidade do site

Facilitar a navegação do consumidor na sua página de comércio eletrônico é muito importante para garantir mais vendas. Analisando as métricas referentes ao funil de conversão – ou seja, como o usuário chegou até o site, qual caminho ele percorreu (da home para o menu categorizado de produtos ou da home até a área de busca), quais páginas visitou, se utilizou o carrinho de compras, se clicou em algum call-to-action, se chegou até o check-out, entre outras – você avalia se o site possui de fato uma boa navegabilidade.

Os dados referentes ao funil de conversão demonstram o que pode ser feito para melhorar cada vez mais a experiência de compra dos clientes, como dar mais destaque para os produtos mais buscados, avaliar a exibição destes produtos, otimizar as estratégias de vendas e avaliar as chamadas para ação.

Nas vendas

Ficar de olho nos produtos mais vendidos e nos que dão maior volume de receita é importante para ter insights e traçar estratégias mais otimizadas para o negócio. Mas há outras métricas que devem ser acompanhadas quando o objetivo é aumentar a taxa de conversão de vendas. Como o bounce rate, ou seja, a taxa de rejeição das páginas do seu site. Ficar de olho neste índice é importante para aprimorar o funil de conversão. Muitas vezes um usuário que tem interesse pelos seus produtos não finaliza a compra porque não encontrou alguma informação importante a respeito da mercadoria, ou porque o e-commerce não conta com muitas opções de pagamento, ou mesmo porque seu campo de cadastro está muito extenso ou complexo.

Na compra de produtos

Mesmo que o seu e-commerce já seja bem segmentado, você pode direcionar ainda mais os produtos ou serviços que oferece para atender melhor às necessidades do seu público e otimizar o seu estoque.

Imagine que você tem uma loja virtual de cervejas premium e um dos diferenciais do seu negócio é oferecer todas as cervejas artesanais do país. No entanto, você identificou, por meio da análise de dados, que apesar dessa variedade, seus consumidores têm preferência por alguns rótulos em relação a outros (independentemente do valor dos produtos).

Com esta informação em mãos, na próxima compra de mercadorias você adquire as cervejas que têm mais saída, para que as com menor procura não fiquem paradas no estoque. Saber quais são os produtos menos vendidos é importante para identificar o melhor momento de fazer uma promoção ou oferecer um desconto e, assim, renovar o seu giro de mercadoria.

Nas estratégias de marketing

As métricas em relação ao comportamento do consumidor em seu e-commerce também indicam quais ações de marketing serão mais certeiras com o público, além de serem fundamentais para analisar o sucesso de uma campanha.

Investir na produção de conteúdo em redes sociais, blogs ou por meio de iscas digitais, é uma forma de oferecer informação relevante sobre seus produtos e serviços, divulgar sua marca e atrair o interesse de mais consumidores. Por meio da análise de dados, você identifica o tipo de conteúdo que mais converte, tanto em número de visitas no site como em número de vendas.

Também é importante analisar o caminho para a conversão, ou seja, em quais canais os usuários foram impactados antes de gerar uma conversão, e também no ROI, para que você possa estudar financeiramente os produtos que irá trabalhar e identificar qual a margem que terá em cada produto ou cada categoria.

Na aplicação dos investimentos

A taxa de conversão pode ser segmentada para gerar outros dados interessantes e, dessa forma, oferecer mais variáveis na hora da tomada de decisões. Acompanhar o número de conversões por cidade é imprescindível na hora de traçar uma estratégia de redução de frete por região, por exemplo.

Já o número de mídias (redes sociais, banners e displays, e-mail marketing) que convertem mais pode melhorar a aplicação dos seus investimentos nos canais digitais, fazendo com que você invista nas que dão mais resultados e descarte as que não estão convertendo muito.

E você, já faz a análise de dados dos seus consumidores? Quais estratégias traçou para aumentar suas vendas e otimizar seus investimentos? Conte um pouco da sua experiência para a gente nos comentários.

 


Comentários

Comentários

Equipe iSET

Somos os maiores especialistas em e-commerce no Brasil! Quer começar sua loja virtual? Fale conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *