fbpx

4 melhores práticas de backup de dados para e-commerce

Já imaginou o prejuízo que você poderia ter ao ficar com o seu e-commerce fora do ar ou perder todo o seu conteúdo? Caso ainda não tenha pensando nessas hipóteses, é provável que, ao colocá-las como uma possibilidade, você rapidamente conclua que as dores de cabeça seriam grandes, certo?

 

E é justamente para evitar os possíveis “estragos” que o backup de dados é tão importante. Aliás, foi pensando exatamente nisso que preparemos este artigo, para mostrar as 4 melhores práticas de backup de dados para uma loja virtual.

 

Portanto, se não quer ter que se preocupar com a perda das suas informações de negócio, continue aqui conosco e confira a leitura. Não perca!

1. Escolha uma hospedagem de qualidade

O primeiro passo para a “preservação” das suas informações está na escolha da hospedagem. Aqui, a dica é simples: dê preferência para provedores conhecidos e que se destacam no mercado pela robustez da sua infraestrutura e pela qualidade do seu serviço, fatores diretamente relacionados à segurança dos dados.

 

Da mesma maneira que você não colocaria o seu dinheiro em um banco qualquer e sem um histórico positivo de atuação, não cometa o erro de hospedar as suas informações nos servidores de uma empresa que não seja especializada nesse tipo de serviço.

2. Torne os backups parte da rotina

Os backups precisam ser parte da rotina. A recomendação é realizá-los de forma regular, pelo menos uma vez por semana. Eles podem ser iniciados manualmente ou agendados pelo sistema para acontecerem em intervalos predeterminados.

 

Seja qual for, certifique-se de ter algum colaborador para monitorar o processo, garantindo, assim, que não haja contratempos e que ele seja finalizado corretamente. É necessário, também, que o responsável entenda como o backup de dados é realizado, para onde vão as informações (tanto formato quanto local) e como restaurá-las em casos de danos, perdas ou invasões.

3. Tenha um bom sistema de verificação

Para fortalecer ainda mais o controle sobre os backups, é fundamental ter um sistema de verificação que permita documentar cada um deles. Do contrário, à medida que o volume da dados for aumentando, ficará difícil de entender “o que é o quê”.

 

Essa documentação é indispensável para que se possa identificar, por exemplo, quais são os backups mais recentes, qual a diferença entre as cópias incrementais e os backups de base, não os confundindo com as suas versões antigas. Durante a verificação, registre onde estão os arquivos e documentos da empresa, bem como cada um dos backups é executado.

4. Proteja o seu backup

Não menos relevante está a proteção do seu backup. Suas cópias estão realmente seguras? Normalmente, é o provedor da hospedagem que se encarregará pela segurança delas. No entanto, o indicado é adicionar uma “defesa extra”. Como? Duplicando as cópias e armazenando-as em mídias e locais distintos. Dessa forma, se uma delas falhar, a outra servirá: mantenha ao menos uma das cópias na nuvem.

 

Para concluir, não se esqueça de que no mundo de hoje, a informação é sagrada! Por essa razão, se não quiser ter que lidar com os problemas por perdê-las, já sabe o que fazer.

 

Gostou deste artigo sobre as melhores práticas de backup de dados para e-commerce? Então, assine a nossa newsletter e receba os melhores conteúdos diretamente em seu e-mail!


Comentários

Comentários

Sou gestora do time de Sucesso do Cliente na iSET e meu maior desejo é te ajudar a entender o universo do e-commerce de forma descomplicada!
Post criado 46

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo