Google AdWords: como montar campanhas de sucesso para e-commerce?

O BLOG MAIS COMPLETO SOBRE E-COMMERCE DO BRASIL

Google AdWords: como montar campanhas de sucesso para e-commerce?

Como é um modelo de negócio cada vez mais comum, os e-commerces precisam ter uma divulgação adequada nas redes, e isso vem por meio de eficientes estratégias de marketing digital. Atualmente, uma das principais ferramentas que traz grandes resultados nesse sentido é o Google AdWords.

Ela é capaz de oferecer a visibilidade que a sua empresa precisa no vasto mundo da web, em que o número de possibilidades é amplo, assim como as oportunidades em que seu negócio pode aparecer.

Este post vai trazer um conteúdo que aborda o Google AdWords, mostrando as suas principais possibilidades e como desenvolver campanhas de anúncio de sucesso. Confira a seguir!

Conheça melhor o Google AdWords

Para entender o que é o Google AdWords uma boa ideia é traçar um paralelo com o marketing tradicional. Imagine uma publicidade fora da internet, por exemplo. É possível anunciar um negócio em banners, outdoors, busdoors e de diversas outras formas bem objetivas e claras, não é mesmo?

A publicidade on-line e o marketing digital fazem exatamente isso, porém, com a capacidade de otimizar esses anúncios, de forma que eles apareçam para as pessoas certas e nos locais adequados. Os outdoors das ruas, por exemplo, dão lugar a espaços privilegiados em páginas diversas, com ótima exposição para o seu negócio.

O Google AdWords nada mais é do que uma ferramenta de anúncios, em que se pode, por meio de várias configuração e predefinições, criar campanhas publicitárias para a internet. Assim, seu e-commerce vai ganhar a devida visibilidade on-line, que é justamente o ambiente em que o seu negócio atual está inserido.

O espaço que você deseja para seu negócio

Entre tantos sites e serviços on-line, um negócio específico é apenas um grão de areia no deserto. A principal proposta do AdWords é fazer com que sua empresa seja mais do que isso em nível de visibilidade, assim, mesmo vendendo um produto que talvez muitas outras também vendam, você consegue ter um destaque por meio do investimento em anúncios.

Com as diferentes opções de divulgação do AdWords seu negócio pode explorar diferentes maneiras de abordar o público-alvo, com a sua marca aparecendo diversas vezes e em ambientes distintos. Isso é possível graças as opções que a ferramenta oferece para que um anúncio seja desenvolvido.

Veja as funcionalidades do Google AdWords

O que faz do Google AdWords uma ferramenta fundamental aos e-commerces são suas extensas funcionalidades, que permitem a criação de anúncios de diversos tipos, fazendo com que as campanhas sejam completas. Essas possibilidades abrangem diferentes espaços na web, que oferecem visibilidade diferenciada em cada um deles.

O ideal é que, ao desenvolver uma campanha, as principais funcionalidades sejam pensadas de forma que seja possível desenvolver anúncios de todos os tipos, assim o fluxo de usuários será sempre o melhor. Além disso, o investimento diversificado permite o melhor aproveitamento do orçamento disponibilizado para as campanhas do Google.

Para entender melhor sobre essas funcionalidades que o Google AdWords oferece é importante passar por cada uma delas, compreendendo como funcionam e o que podem trazer para um e-commerce.

Links patrocinados

Uma das principais possibilidades de anúncio no AdWords, os links patrocinados são o tipo de anúncio mais utilizados. Eles fazem parte das ações de rede de pesquisa, ou seja, acontecem dentro da tradicional página de buscas do Google.

Os links patrocinados aparecem sempre no topo de cada página de resultados de uma pesquisa no Google. Sabe aqueles três primeiros resultados que vêm antes de todos os links? Esses são justamente os que foram desenvolvidos dentro da ferramenta de anúncios do AdWords.

Na criação de um link patrocinado há diversas possibilidades de segmentação e outras otimizações que tornam maiores as possibilidades do anúncio desempenhar no topo. A cobrança desse tipo de Ad é por meio do sistema Custo Por Clique (CPC). Assim, o anunciante paga determinado valor definido previamente por cada vez que alguém clica nesses links patrocinados.

Product Listing Ads (PLA)

Outra funcionalidade componente da rede de pesquisas, o PLA tem seu foco direcionado para produtos. Nesse tipo de anúncio o Google disponibiliza uma seleção dos principais encontrados de acordo com as palavras-chave utilizadas na busca do usuário, mostrando o que mais se adequa ao que ele quer.

Caso sua empresa venda chuteiras de futsal, por exemplo, e você cria um anúncio com palavras-chaves relacionadas como “chuteira” e “futsal” são grandes as chances do Google disponibilizar seu anúncio em destaque. Os produtos são dispostos na tela na parte superior, antes dos resultados comuns.

Dynamic Search Ads (DSA)

O último, porém, não menos importante, anúncio da rede de pesquisas é o DSA. Ele é de grande auxílio para e-commerces que tenham uma vasta possibilidade de produtos, o que tornaria extremamente trabalhoso o desenvolvimento de anúncios específicos para cada uma dessas ofertas.

O DSA trabalha, assim como seu próprio nome indica, de forma dinâmica, identificando cada link que esteja direcionando para a página de um produto e gera anúncios genéricos para eles. Essa possibilidade otimiza o trabalho, permitindo que todos os produtos tenham anúncios no formato CPC, fazendo com que eles ganhem em visibilidade nas pesquisas do Google.

Rede de display

Diferentemente da rede de pesquisas, a rede de display não está ligada com as buscas realizadas no Google. Nessa funcionalidade a proposta é fazer com que os anúncios do e-commerce apareçam em diferentes ambientes da web, em sites de todos os tipos que se cadastram para ser parceiros do Google, disponibilizando seus espaços para que os anúncios apareçam, em um esquema em que todos saem ganhando.

A maior objetividade e precisão no desenvolvimento desse tipo de anúncio estão relacionadas a melhor definição das características do seu negócio. De acordo com a sua atividade e os temas relacionados, os melhores sites serão escolhidos para os anúncios aparecerem para o público certo.

Utilizando o exemplo dado anteriormente, se você vende chuteiras e artigos esportivos gerais, uma boa oportunidade de negócio na rede de display seria a disposição de seus produtos em um site de notícias sobre esportes.

Os anúncios ficam expostos por meio de banners dentro desse site parceiro do Google. Assim seus produtos aparecem com boa visibilidade, em links bem-dispostos e atrativos aos clientes em potencial.

YouTube

Com 98 milhões de usuários por mês no Brasil, o YouTube é claramente uma ótima vitrine para qualquer negócio, e por isso o Google AdWords também aplica suas possibilidades de publicidade nessa plataforma. Há basicamente dois tipos de anúncios no YouTube: In-Stream e TrueView. Eles acontecem em diferentes momentos, aparecendo de forma precisa para os usuários.

Os anúncios In-Stream são aqueles que aparece antes, durante ou após a reprodução de vídeos comuns na plataforma. Já na opção TrueView a publicidade é bem parecida com os links patrocinados no Google, em que os resultados da pesquisa trazem no topo o anúncio desenvolvido.

Em ambas opções é possível fazer uma campanha segmentada, ou seja, voltada para quem está dentro de predefinições aplicadas no momento de criação da campanha. Assim é possível fazer os anúncios atingirem um público entendido como aquele que teria maior interesse no conteúdo.

Remarketing

O remarketing é uma funcionalidade muito interessante e que é responsável por fazer muitas pessoas pensarem que estão sendo observadas. Já percebeu que após você visitar um site e abrir a página de um produto ele fica durante alguns dias aparecendo em anúncios de sites aleatórios frequentemente? Isso é apenas o remarketing funcionando bem.

Essa possibilidade consiste em justamente criar anúncios na rede de display de acordo com os produtos que um usuário visitou ultimamente. Essa prática é colocada em atividade sob o pensamento de que, se alguém visitou uma página, a possibilidade de ela vir a se convencer a comprar aquele produto é alta, e talvez o fato de vê-lo de forma recorrente é o “empurrãozinho” necessário.

Descubra 5 vantagens de usar o Google AdWords

Não dá para negar as vantagens do Google AdWords para o e-commerce. Além de aumentar consideravelmente a visibilidade do seu negócio por meio da publicidade on-line, o uso dessa ferramenta também apresenta pontos muito positivos, que ajudam no desenvolvimento geral da empresa.

Não é só a possibilidade de estar em destaque, mas também a maneira como isso é feito, com grande precisão, o que influencia diretamente o aumento das vendas. Além disso, de nada vai adiantar ter anúncios em toda a web se você não consegue entender como, cada um deles, está performando.

Você já conheceu os principais modelos de anúncio que o Google AdWords oferece ao seu negócio, então agora é hora de entender como o uso dessa plataforma pode trazer amplas vantagens no dia a dia da sua empresa, permitindo que ela esteja sempre no caminho certo e que cresça.

1. Segmentar

Por que alguém que não pratica esportes, muito menos joga futebol, gostaria de comprar chuteiras? É muito fácil perceber que não tem sentido oferecer esse tipo de produto para pessoas que simplesmente não têm esse perfil. Porém, quando você faz um anúncio em um outdoor, por exemplo, as chances de falar somente com o público interessado diminuem. Por mais que você coloque esse anúncio perto de campos de futebol, sempre vai haver quem passe por ali simplesmente por passar.

Já no meio digital é possível trabalhar com maior precisão. A segmentação é uma das principais vantagens que o AdWords disponibiliza na hora de criar campanhas de produtos e serviços. Assim você consegue concentrar seus esforços em desenvolver anúncios direcionados a consumidores em potencial.

Essa possibilidade faz com que os investimentos em publicidade sejam cada vez mais interessantes, já que é possível reduzir o desperdício de esforços e, automaticamente, fazer com que as campanhas sejam precisas.

2. Mensurar resultados

Com as devidas campanhas em execução, os resultados tendem a variar, apresentando bons desempenhos em alguns anúncios, enquanto outros podem não performar tão bem assim. Ter acesso aos resultados é uma função primordial, e que o AdWords consegue oferecer com eficiência, graças ao Analytics.

Ele é uma ferramenta focada em métricas, ou seja, resultados em números que ajudam a entender o desempenho de suas campanhas. Assim é possível saber com dados concretos o que as ações no Google AdWords estão trazendo de positivo para o seu e-commerce, medindo uma série de atividades, como visitas, conversões e outras taxas importantes geradas a partir das interações com esses anúncios.

Mensurando com precisão e analisando os dados obtidos pelo Analytics é possível entender se suas campanhas são positivas. Ao mesmo tempo, você consegue perceber o que, talvez, não esteja dando tão certo assim.

3. Gerar fluxo qualificado

Ter pessoas visitando o seu site é sempre uma boa situação, não é mesmo? Entretanto, de nada vai adiantar ter um fluxo bom no seu e-commerce se esses usuários não realizarem nenhum tipo de conversão e, principalmente, não realizarem nenhuma compra. Isso pode acontecer quando essa audiência não é aquela que você deseja.

O Google Adwords, por meio da sua segmentação de campanhas, permite que seus anúncios estejam sempre captando fluxo qualificado, ou seja, trazendo ao seu site pessoas que têm real interesse por aquilo que você vende. Assim, com a audiência perfeita, as chances de vendas serão sempre maiores.

Ainda que parte desse fluxo qualificado não gere lucro momentaneamente, a tendência é que elas não percam mais a sua loja do radar, pois em algum momento elas podem retornar para a compra. Além disso, em sua rede de contatos ela pode fazer o famoso marketing boca a boca, ou seja, recomendar seu e-commerce a outras pessoas que tenham interesses em comum aos dela.

4. Investir o quanto você puder

O e-commerce é um modelo de negócio bastante democrático, que não exige investimentos tão altos assim para que uma empresa consiga ter sucesso. Com despesas reduzidas graças a dispensa de um ambiente físico, nem todo empreendedor tem muito capital disponível para investir, por exemplo, em questões como a publicidade.

marketing digital para e-commerce não demanda de investimentos muito altos para que já se consiga bons resultados iniciais, o que democratiza bastante o uso de suas estratégias, e isso inclui os anúncios do Google AdWords. Você define seu orçamento e, até mesmo, o valor dos lances —, ou seja, o valor que será pago ao Google quando um usuário clicar no seu anúncio.

Essa possibilidade permite começar investindo pouco, o que reduz possibilidades de perdas caso o usuário não entenda muito bem o funcionamento da ferramenta. Além disso, você consegue adequar suas campanhas ao seu orçamento disponível para marketing.

5. Alterar as campanhas quando quiser

Como falamos, o acompanhamento de métricas ajudam a perceber como está o andamento de suas campanhas. Alguns anúncios desempenham bem, apresentando um bom potencial de crescimento caso haja mais investimentos, e conseguir identificar isso é uma grande vantagem.

O Adwords permite que você tenha um acompanhamento em tempo real de como andam seus anúncios, o que possibilita uma intervenção a qualquer momento. Assim você pode pausar o que não está tão bem assim, economizando capital e podendo redirecionar esse dinheiro a outros anúncios com maior potencial.

O interessante é fazer isso a qualquer momento, sem a necessidade de aguardar que uma campanha acabe de acordo com a data efetiva predefinida. É justamente esse ajuste em tempo real que configura a vantagem.

Entenda como usar o Google AdWords no e-commerce

Com a clareza acerca das grandes vantagens do AdWords, já deu para entender que ele pode ser fundamental para o seu negócio, não é mesmo? Entretanto, é preciso saber em quais momentos essa ferramenta vai ser útil, preparando os anúncios mais precisos e relacionados a eventos específicos do seu negócio.

A melhor maneira de utilizar essa ferramenta de anúncios é de forma alinhada com as estratégias de crescimento do seu negócio. Assim, você consegue resultados otimizados e que ajudem no desenvolvimento da empresa. Alguns objetivos são primordiais e praticamente se enquadram nas necessidades de qualquer e-commerce.

Fique no topo das buscas

Uma das principais propostas em utilizar o marketing digital a favor do e-commerce é fazer com que ele ganhe notoriedade na web, em meio a tantos outros endereços. A busca no Google é parte fundamental disso, então o trabalho para se manter no topo dos resultados deve ser intenso.

Com a ajuda do AdWords isso é possível, graças aos links patrocinados, conforme citamos neste conteúdo. Quanto melhor for a configuração de seu Ad, maiores as chances de eles estarem sempre em destaque, o que é fundamental para a relevância do seu e-commerce.

Anuncie lançamentos de produtos

O lançamento de um novo produto é um ótimo motivo para trabalhar na divulgação do mesmo, certo? Esse pode ser um momento em que realizar um anúncio por meio dos recursos do Google AdWords vai trazer resultados muito positivos diante das pretensões do negócio.

Logo, será possível dar grande visibilidade ao lançamento, atraindo tráfego qualificado e obtendo um número de vendas relevante.

Obtenha autoridade no segmento

Como você viu, a rede de display permite que seu e-commerce disponibilize anúncios em sites específicos, e a maioria desses a partir de sua segmentação. Dessa forma, as chances de serem sites com assuntos correlatos é grande.

Atingindo as pessoas certas, que têm real interesse no seu negócio, permite que seu e-commerce se desenvolva cada vez mais e se torne uma referência no segmento. Diante de ampla divulgação, sempre que o consumidor pensar em produtos do seu mercado, a sua marca será lembrada.

Veja 5 dicas de como montar uma campanha de sucesso

Depois de ver como o AdWords é interessante só resta aprender como criar uma campanha utilizando essa ferramenta, não é mesmo? Confira a seguir os passos fundamentais que vão conduzir seu e-commerce ao sucesso!

1. Iniciando e criando uma campanha

O primeiro passo, naturalmente, é acessar o Google AdWords. Você pode criar uma conta ou utilizar uma do Google já existente, sem muitas dificuldades, de maneira bem simples. Você deve preencher alguns dados básicos, para assim seguir para a etapa em que começa a configurar a sua campanha.

Uma campanha pode trazer vários anúncios, compreendendo que essa divisão vai abranger todas as ações de marketing que uma determinada empresa vai desenvolver, nesse caso, o seu e-commerce.

Ao iniciar a configuração de sua campanha você vai definir os canais em que seus anúncios serão veiculados, como a rede de display, a rede de pesquisa e o YouTube. De acordo com suas escolhas será solicitado o preenchimento das informações de seus anúncios, com dados relacionados ao que você estiver divulgando.

Esses grupos de anúncios também vão conter as palavras-chave que você vai escolher para associar suas ações de marketing. Ou seja, cada vez que esses termos forem buscados, seu anúncio estará relacionado a eles, aparecendo para os usuários da web.

2. Definindo o orçamento disponível

É a hora de definir qual será o orçamento disponível de sua campanha, com o valor de sua escolha. É importante ressaltar que a cada conversão, ou seja, sempre que um usuário da web clicar em seu anúncio será cobrado o valor definido. Você pode cadastrar um cartão de crédito, que será o meio pelo qual esses valores serão cobrados.

O seu orçamento é pensado de duas formas: diário e por lance. O primeiro consiste no valor que você vai disponibilizar diariamente para o Google veicular seus anúncios. No momento em que esse valor é alcançado, seus anúncios param de ser exibidos até o próximo dia.

Já o valor do lance é a quantia máxima que você está disposto a investir para que o seu anúncio esteja em destaque. As possibilidades de um bom destaque nas redes escolhidas aumentam quando esse valor é maior.

3. Escolhendo as palavras-chave

Fundamental para uma campanha, a palavra-chave é o fator que vai ligar a pesquisa do usuário ao seu anúncio. Dessa forma, a escolha desses termos deve ser feita com muito cuidado e com um estudo mais aprofundado, sempre pensando no segmento do seu negócio.

O próprio Google Adwords oferece uma ferramenta interna que ajuda a identificar os termos que mais estão sendo pesquisados. Trata-se do Keyword Planner. Não deixe de fazer uma análise aprofundada com ajuda desse planejador antes de escolher quais palavras-chave serão utilizadas.

4. Defina a segmentação

Outra etapa que requer bastante cuidado é a segmentação. É ela que vai permitir que seus anúncios sejam exibidos para os usuários que tenham interesse no que você vende. É com a segmentação que você vai alcançar, conforme você viu, a audiência e o fluxo qualificado.

5. Escreva seu anúncio

Depois de tantos detalhes e configurações, o passo final é justamente escrever o seu anúncio, definido os títulos, as descrições e outras informações fundamentais. Aqui, é importante evitar erros de grafia e ter bastante clareza nas informações, com uma linguagem mais publicitária e que chame atenção do consumidor.

O Google AdWords oferece possibilidades incríveis ao seu negócio, que pode conseguir um desenvolvimento concreto em pouco tempo. É importante sempre trabalhar com o auxílio dessa ferramenta para alçar mais espaço no mercado.

As redes sociais também têm grande importância no desempenho das vendas do seu e-commerce. Quer saber como conseguir bons números usando essas plataformas? Confira este e-book que traz tudo sobre o assunto!


Comentários

Comentários